segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Educação Tecnológica e Sociedade

Um dos grande temas quando se estuda a construção de ambientes de trabalho mais seguros é a educação tecnológica e seus impactos na sociedade. Aliás, esse enfoque é requerido quando se trata da preservação ambiental, da saúde pública e do nosso futuro no planeta.

A Ciência não é neutra, nem a Tecnologia. Essa constatação é um dos pressupostos para um olhar crítico sobre a Educação Tecnológica. Pensando nisso, resolvi destacar o excelente papel que o Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação Tecnológica (NEPET) vem cumprindo ao desenvolver estudos, pesquisas e reflexões que possam colaborar com um melhor entendimento das intrincadas relações entre ciência, tecnologia e sociedade e o ensino de engenharia. E isso tem tudo a ver com os aspectos abordados em nosso blog sobre segurança, meio ambiente e saúde, dentro e fora do trabalho.

Com sede na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), o NEPET  promove discussões sobre a educação tecnológica, seja através das publicações de artigos de seus membros, dissertações e teses, livros, bem como por meio do seu portal na internet. Nesse ambiente virtual, há resenhas de livros, artigos, divulgação de eventos, um canal de vídeo, enfim, um amplo espectro de opções para tratar das áreas de interesse do núcleo.

Essas áreas de interesse são:
Educação tecnológica: Aspectos de ordem técnica, cognitiva, instrucional ou metodológica, relacionados com a educação tecnológica, em seus diversos níveis de abrangência, com ênfase especial para o ensino universitário. 

Ciência, Tecnologia e Sociedade - CTS: Implicações sociais da ciência e da tecnologia na educação, com ênfase nos aspectos que incidem mais diretamente na disseminação e no aproveitamento desses saberes de forma mais igualitária entre os indivíduos. 

História da ciência e da tecnologia: Não só recuperação da historiografia dos acontecimentos científicos e tecnológicos mas, acima de tudo, afirmação da história das idéias como fator importante para um aprendizado mais transformador, visando a uma participação social mais consciente. 

Metodologia científico-tecnológica: Discussão crítica dos métodos de trabalho dos tecnológos, seus procedimentos de trabalho e suas possíveis implicações na aprendizagem. 

Epistemologia da tecnologia: Reflexões a respeito da constituição do conhecimento e das implicações destas perspectivas epistemológicas na aprendizagem e na atuação profissional perante a sociedade.

Reconhecer a necessidade de formação de engenheiros conscientes do seu papel de formadores de opinião, de construtores de ambientes de trabalho seguros, de indutores de um desenvolvimento inclusivo, são alguns dos desafios da educação tecnológica.

Selecionei um trecho de dez minutos de uma entrevista do professor Walter Bazzo, Coordenador do NEPET, para mostrar um pouco mais sobre essa discussão sobre ciência, tecnologia e sociedade.